Seleccionar página

É un pracer poder obsequiarvos, nesta sección recén inaugurada, cos textos da nosa prezada colaboradora: Graça Foles Amiguinho.

Este  é o poema FORAM DIAS, FORAM ANOS, que ela mesma musicou e cantou e do que podemos gozar no vídeo que acompañamos.

Foram días, foram anos,

De alegrias e desenganos

Que a minha voz vai cantar

Porque o tempo nada vai apagar

 

Foram anos, foram días

De tristezas e alegrías,

Conjugando o verbo amar,

No nosso barco, sempre,

Sempre a remar.

 

Foram días, foran horas,

Correndo, sen demoras,

P´ra te beixar e abraçar,

A teu lado, sempre,

Sempre a lutar.

 

Foram noites, foram dias

De sonhos e fantasias

Que na vida não vou esquecer

Porque te cantarei,

Meu amor, até un dia morrer.

 

Foram dias, foram anos…

Foram anos, foram dias…

Foram dias, foram horas…

Foram noites, foram dias…

Foram noites, foram dias

De sonhos e fantasias

Que na vida não vou esquecer

Porque te cantarei, meu amor,

Até un dia morrer.

                                                                          Graça Foles Amiguinho

           

Graça Foles Amiguinho

Graça Foles Amiguinho

Colaboradora Portuguesa

“Son Maria de Graça Foles Amiguinho Barros. Vivo en Vila nova de Gaia, pero nascín no Alentejo, nunha aldeia pequena chamada A Flor do Alto Alentejo.

Estudei en Elva. Fiz maxisterio en Portoalegre. Minha vida foi adicada ao ensino durante 32 anos, aos meus alumnos ensineilles a amar as letras, o país, as artes e a cultura. 

Meu começo coa poesia aconteceu de xeito dramático cando partin os dous braços, en 2004 comecei a escribir poesia compulsivamente, en 2005 xa tiña o primero libro editado  O meu sentir…”

máis artigos

Do 19 ao 25 de abril 2021

Do 12 ao 18 de abril 2021

Do 5 ao 11 de abril 2021

Do 29 de marzo ao 4 de abril 2021

Do 22 ao 28 de marzo 2021

Do 15 ao 21 de marzo 2021

Elena Ramos Rascado por Ana Santos

Antonio Lois Pérez

Xosé Manuel Gulías Márquez

Carmen Varela Villamarín

♥♥♥ síguenos ♥♥♥

Español